Damos as boas vindas e agradecemos a todos pela visita a este espaço. Fiquem à vontade para acompanhar ao máximo todas as notícias e informações divulgadas e aproveitem para assistir AO VIVO a TV Justiça, TV Senado e a TV Câmara. ** We like welcome and thank you all for visiting this space. Feel free to follow the maximum all published news and INFORMATION To Watch and enjoy LIVE TV Justice, Senate TV and TV camera. Deltan põe Moraes sob suspeita e admite que prisão é ferramenta de delações ~ Verdades Ocultas

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Deltan põe Moraes sob suspeita e admite que prisão é ferramenta de delações

Postado por: Fátima Miranda - 07:27:00

Compartilhar

& Curtir


Por Fernando Brito, do Tijolaço - Em texto publicado no Facebook – antes do anúncio oficial de Alexandre Moares como indicado ao Supremo Tribunal Federal, mas quando todos os jornais já publicavam que era ele o escolhido – o jovem chefe da “Força Tarefa” de procuradores da Lava Jato já levantava a suspeita de que o auxiliar de Michel Temer será peça-chave no futuro da República de Curitiba.

Deltan Dallagnol coloca Moraes sob a suspeita de ser capaz de reverter a decisão recente do STF de encarcerar condenados em segunda instância (leia-se: Sérgio Moro e o TRF-4, onde suas sentenças são quase sempre confirmadas ou apenas levemente alteradas).

Mesmo com a redistribuição da Lava Jato no STF para o Ministro Edson Fachin, a escolha do novo Ministro terá forte impacto na Lava Jato e nas demais investigações sobre corrupção. Isso especialmente em razão da orientação do tribunal sobre a execução provisória da pena. Ano passado, o tribunal entendeu que ela é possível, por 6 votos contra 5. O Ministro Teori estava dentre os vencedores. O novo Ministro pode inverter o placar. 

Para o “sub-Moro”, manter as pessoas presas só traz vantagens.

“Se o réu estiver preso, o processo pode ser mais rápido e demorar apenas cerca de 2 anos até ser julgado pela segunda instância. A você pode parecer muito tempo ainda, mas, acredite, é uma imensa evolução quando se toma em conta como hoje as coisas funcionam.”

Temos, portanto, a noção de celeridade judicial do Dr. Deltan: “prende que vai rápido”.

O mais importante de sua manifestação, porém, é a admissão que as delações só acontecem pela força coercitiva da prisão, que ele chama de direito e o processo penal “mais efetivo” torna “mais interessante’ a delação:

A colaboração é um instrumento permite a expansão das investigações e tem sido o motor propulsor da Lava Jato. O criminoso investigado por um crime “A” entrega os crimes B, C, D, E – um alfabeto inteiro – porque o benefício é proporcional ao valor da colaboração. Importante ressalvarmos que ela é um ponto de partida, jamais um ponto de chegada, da investigação, e que acordos objetivam trocar um peixinho por um peixão ou um peixe por um cardume.

É igual àquele joguinho do “Banco Imobiliário”: Fulano vale um ano de cadeia; Beltrano vale dois, Sicrano, três. E o Lula é o prêmio máximo!

Aliás, quem entregar o Lula com algo que sirva como aquele pequeno detalhe – a tal “prova” – ganha uma cadeira permanente no céu de Deltan.

Postado Por: VERDADES OCULTAS/ Fátima Miranda

RESPEITAMOS A DEMOCRACIA! "Democracia é oportunizar a todos o mesmo ponto de partida. Quanto ao ponto de chegada, depende de cada um." Fernando Sabino

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © Verdades Ocultas

Direitos reservados a VERDADES OCULTAS - Hidden Truths News - Personalização/Arte digital FMS Artes Gráficas WhatsApp 71-99291.6634. http://www.templatezy.com