Damos as boas vindas e agradecemos a todos pela visita a este espaço. Fiquem à vontade para acompanhar ao máximo todas as notícias e informações divulgadas e aproveitem para assistir AO VIVO a TV Justiça, TV Senado e a TV Câmara. ** We like welcome and thank you all for visiting this space. Feel free to follow the maximum all published news and INFORMATION To Watch and enjoy LIVE TV Justice, Senate TV and TV camera. GREENHALGH VOLTA A DEFENDER LULA 38 ANOS APÓS GREVES QUE MARCARAM O PAÍS ~ Verdades Ocultas

terça-feira, 15 de maio de 2018

GREENHALGH VOLTA A DEFENDER LULA 38 ANOS APÓS GREVES QUE MARCARAM O PAÍS

Postado por: Fátima Miranda - 13:35:00

Compartilhar

& Curtir



Vitor Nuzzi, Rede Brasil Atual - Em abril de 1980, Lula e outros sindicalistas metalúrgicos do ABC foram presos e enquadrados na Lei de Segurança Nacional, um dos vários instrumentos do período de exceção, por "incitação à desobediência coletiva". Na sexta-feira anterior ao julgamento, o advogado Luiz Eduardo Greenhalgh, que acabara de completar 32 anos, foi ao prédio da Auditoria Militar, no centro de São Paulo, e acabou surpreendendo um escrivão, em tempos pré-computador, já datilografando a sentença – ele adiantou, inclusive, qual seria o tempo de prisão de um deles. Diante do que consideraram uma farsa, acusados e defensores decidiram não comparecer à sessão. Greenhalgh, agora aos 70, lembra disso no momento em que novamente integra a defesa de Lula.

Se naquele tempo a condenação estava decretada mesmo antes do julgamento, agora é preciso dar dimensão política ao processo que envolve o ex-presidente, preso desde 7 de abril em Curitiba, na Superintendência da Polícia Federal. "O que eu quero é que você dê uma visão política ao meu processo. O meu assunto é político, não é jurídico", disse Lula a Greenhalgh, segundo o advogado, que participou na noite desta segunda-feira (14) da Jornada pela Democracia, em São Paulo. Durante as quatro horas do evento, no auditório do Sindicato dos Engenheiros, não foram poucas as referências à ditadura iniciada em 1964. 

Na platéia, estava a também advogada Maria Luiza Bierrenbach, também defensora de presos políticos. E também vítima de torturas, ao ser presa, em 1971. Perto dela, a jornalista e ativista de direitos humanos Rose Nogueira, presa e torturada em 1969.

"Foi a primeira vez que o Superior Tribunal Militar teve de reconhecer uma coisa chamada pré-julgamento. E a Lei de Segurança Nacional nunca mais foi aplicada", disse Greenhalgh ao recordar o processo de 1980, que teve julgamento à revelia, já em 1981, condenação dos sindicalistas (Lula, por exemplo, pegou três anos e meio de prisão) e posterior anulação do processo pelo STM, em 1982.

Quase 40 anos depois, o advogado recebeu novamente uma procuração para defender Lula e diz que não irá "sossegar". "Pode ter certeza de que vou fazer tudo para ele estar livre, ser candidato e subir aquela rampa (do Palácio do Planalto)", afirmou Greenhalgh.




Postado Por: VERDADES OCULTAS/ Fátima Miranda

RESPEITAMOS A DEMOCRACIA! "Democracia é oportunizar a todos o mesmo ponto de partida. Quanto ao ponto de chegada, depende de cada um." Fernando Sabino

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © Verdades Ocultas

Direitos reservados a VERDADES OCULTAS - Hidden Truths News - Personalização/Arte digital FMS Artes Gráficas WhatsApp 71-99291.6634. http://www.templatezy.com