Damos as boas vindas e agradecemos a todos pela visita a este espaço. Fiquem à vontade para acompanhar ao máximo todas as notícias e informações divulgadas e aproveitem para assistir AO VIVO a TV Justiça, TV Senado e a TV Câmara. ** We like welcome and thank you all for visiting this space. Feel free to follow the maximum all published news and INFORMATION To Watch and enjoy LIVE TV Justice, Senate TV and TV camera. CORREIA: HÁ SILÊNCIO ENSURDECEDOR COM SOLTURA DE PAULO PRETO ~ Verdades Ocultas

sexta-feira, 18 de maio de 2018

CORREIA: HÁ SILÊNCIO ENSURDECEDOR COM SOLTURA DE PAULO PRETO

Postado por: Fátima Miranda - 15:33:00

Compartilhar

& Curtir



Minas 247 - O deputado estadual Rogério Correia (PT) criticou a falta de indignação com a soltura do ex-diretor da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto, operador do PSDB. A liberdade foi determinada pelo ministério do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes.

"O coordenador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, não se indignou, nem ameaçou com greve de fome, como fez com um condenado sem provas que é considerado pelos brasileiros como o melhor presidente da história", escreveu o parlamentar no Facebook.

Correia disse também que "o general Vilas Boas não tuitou qualquer protesto com relação a Paulo Preto. Como aquele tuíte que escreveu, lido no encerramento do Jornal Nacional da Globo, ameaçando o Supremo Tribunal que julgaria o habeas corpus de Lula no dia seguinte".

"Falando em Globo, William Bonner não esboçou qualquer irritação com a soltura do propineiro (comprovado em contas na Suíça) do PSDB. Nem o jornal O Globo publicou editorial abespinhado sobre o tema. Como sabemos, não era contra corrupção, ou o que diziam ser corrupção. Por sinal, e as panelas? Silêncio ensurdecedor...", acrescentou.

De acordo com autoridades suíças, Paulo Preto mantinha o equivalente a R$ 113 milhões em contas fora do Brasil. O dinheiro estava em quatro contas bancárias, abertas em 2007, por uma offshore sediada no Panamá, cujo beneficiário é Paulo Vieira de Souza. Em 2017, o montante foi transferido para as Bahamas, apontaram os documentos da Promotoria suíça enviados ao Ministério Público brasileiro.

Em março, a Lava Jato denunciou o ex-diretor da Dersa por desvio de R$ 7,7 milhões, entre 2009 e 2011. O recurso era destinado ao realojamento de famílias desalojadas pela Dersa para a construção do Rodoanel, obra realizada na gestão do tucano José Serra (2007-2010).




Postado Por: VERDADES OCULTAS/ Fátima Miranda

RESPEITAMOS A DEMOCRACIA! "Democracia é oportunizar a todos o mesmo ponto de partida. Quanto ao ponto de chegada, depende de cada um." Fernando Sabino

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © Verdades Ocultas

Direitos reservados a VERDADES OCULTAS - Hidden Truths News - Personalização/Arte digital FMS Artes Gráficas WhatsApp 71-99291.6634. http://www.templatezy.com