Damos as boas vindas e agradecemos a todos pela visita a este espaço. Fiquem à vontade para acompanhar ao máximo todas as notícias e informações divulgadas e aproveitem para assistir AO VIVO a TV Justiça, TV Senado e a TV Câmara. ** We like welcome and thank you all for visiting this space. Feel free to follow the maximum all published news and INFORMATION To Watch and enjoy LIVE TV Justice, Senate TV and TV camera. EM GRAMPO, AÉCIO PRESSIONA CHEFE DA PF PARA ACESSAR INQUÉRITO DE FURNAS ~ Verdades Ocultas

terça-feira, 30 de maio de 2017

EM GRAMPO, AÉCIO PRESSIONA CHEFE DA PF PARA ACESSAR INQUÉRITO DE FURNAS

Postado por: Fátima Miranda - 19:04:00

Compartilhar

& Curtir



Minas 247 - O senador afastado Aécio Neves (PSDB) aparece grampo da operação Patmos, da Polícia Federal, pressionando o diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello, para ter acesso a depoimentos que o acusam de ter recebido propina da estatal Furnas Centrais Elétricas. O diálogo foi publicado pelo jornalista Fausto Macedo

Demonstrando irritação com a dificuldade em obter depoimentos do caso Furnas junto à Polícia Federal, Aécio ligou para o chefe da corporação, delegado Leandro Daiello Coimbra, e pediu que marcasse um encontro a fim de tratar do tema que era de seu interesse.

“Uma hora que você… que eu pudesse dar um pulo ai. Pelo seguinte, contudo é.. é.. na verdade…. pela Súmula 14 (do Supremo Tribunal Federal) que faculta a defesa ao acesso, né? Ao processo, aos autos, aos depoimentos, o delegado se negou a entregar à defesa, ontem, a cópia do depoimento que ele já tinha colhido, tá?”, queixou-se Aécio a Daiello.

Aécio é investigado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no âmbito da estatal mineira. Na Operação Patmos, Aécio é investigado por supostamente pedir a Joesley Batista, da JBS, R$ 2 milhões que foram entregues ao primo do tucano, Frederico Pacheco, o Fred. O primo transportou o montante a Mendherson Souza, assessor do senador Zeze Perrella (PSDB-MG). Todos os capítulos da transação foram filmados e gravados pela Polícia Federal, em ação controlada sobre delatores da JBS.



LEIA A ÍNTEGRA DA TRANSCRIÇÃO DO DIÁLOGO DE AÉCIO COM O DIRETOR-GERAL DA POLÍCIA FEDERAL (26 DE ABRIL)

AÉCIO – Aló?

MNI – Dr. DAIELLO na linha. Tô passando.

LEANDRO DAIELLO – Alóoo?

AÉCIO – Dr. LEANDRO, tudo bem?

LEANDRO DAIELLO – Bom dia! Como está senador?

AÉCIO – Você vai ter que mudar esse cafezinho nosso pra…

LEANDRO DAIELLO – Opa!!

AÉCIO – Você teve notícias de ontem? Tentei até lhe falar à noite.

LEANDRO DAIELLO – Tô ouvindo. Tô ouvindo.

AÉCIO – Você teve notícias do que ocorreu ontem? ou não?

LEANDRO DAIELLO – Não.

AÉCIO – Depois você tinha que arranjar um horário de uns quinze minutos, pra… pra eu dizer lhe falar pessoalmente.

LEANDRO DAIELLO – Eu estou à sua disposição aqui.

AÉCIO – Uma hora que você… que eu pudesse dar um pulo ai. Pelo seguinte, contudo é.. é.. na verdade…. pela Súmula 14 que faculta a defesa ao acesso, né? Ao processo, aos autos, aos depoimentos, o delegado se negou a entregar a defesa, ontem, a cópia do depoimento que ele já tinha colhido, tá?

LEANDRO DAIELLO – Tá.

AÉCIO – Mas é uma coisa que afronta a lei, inclusive. Você essa súmula que determina que a defesa tenha acesso, né? Aos demais depoimentos, aos autos do processo, enfim… e o Toron que é o meu advogado que te conhece.

LEANDRO DAIELLO – Sim, conheço o Toron. É um bom advogado.

AÉCIO – Ele tá até ai. Ele tá indo ai no meu lugar, porque o que aconteceu. Como ele (delegado) não quis nos dar acesso, uma coisa absolutamente absurda! Que mostra um pouco aquilo que já percebíamos. Nós fizemos uma reclamação no Supremo que obviamente concedeu o direito de que eu tenha acesso. ahhh…. aos demais depoimentos já colhidos.

LEANDRO DAIELLO – Tá.

AÉCIO – Já colhidos, que é natural que quando eu vá depor eu saiba, né? O que os outros já falaram. A coisa mais óbvia do mundo. E ele negou-se a isso, então… então o juiz relator éeeee…. pediu adiamento de pelo menos de quarenta e oito horas. Terminou que ele entregue a defesa os depoimentos já recolhidos, então isso ficou adiado. Eu quero fazer ainda nessa semana. Eu quero fazer até sexta-feira. Agora…

LEANDRO DAIELLO – Eu vou fazer o seguinte senador. Dr. Toron tá vindo aqui?

AÉCIO – Deve tá chegando com o dr. Alckmin ai agora. Já deve estar ai.

LEANDRO DAIELLO – Eu converso com eles aqui e já resolvo e ai a gente vê e já remarca, pode ser?

AÉCIO – Pode … faça isso então! Localize ele ai.

LEANDRO DAIELLO – Então eu já… já vou…. O dr. Toron já é membro desde São Paulo.

AÉCIO – É isso, ele me falou muito bem éeee…. do senhor lá, até por em razão do que está por vir ainda, entendeu? Depois… Depois me concede uma audiência para nós falarmos de Previdência por uns vinte minutos… Veja aí com a sua agenda.

LEANDRO DAIELLO – O senhor manda senador. Só me fala o horário.

AÉCIO – Me fala o horário para que eu possa dar um pulo de vinte minutos ai.

LEANDRO DAIELLO – Eu falo. O senhor só me diga o dia e horário e eu vou dar um jeito de lhe atender.

AÉCIO – Me atenda ai hoje no meio da tarde. Pode ser?

LEANDRO DAIELLO – No meio da tarde. O senhor só me liga e eu vou abrir a agenda e ficar o dia inteiro lhe esperando.

AÉCIO – Me fale.. me fale o horário ai que é quinze minutos sobre coisa da Previdência. Que horário?

LEANDRO DAIELLO – A hora que o senhor quiser.

AÉCIO – Quatro horas, pode ser bom?

LEANDRO DAIELLO – Quatro horas tá combinado.

AÉCIO – Eu vou quatro no teu gabinete quatro horas hoje. Um grande abraço.

LEANDRO DAIELLO – Tá… tá todo mundo aqui lhe esperando. Abraço.

AÉCIO – Abraço.




Postado Por: VERDADES OCULTAS/ Fátima Miranda

RESPEITAMOS A DEMOCRACIA! "Democracia é oportunizar a todos o mesmo ponto de partida. Quanto ao ponto de chegada, depende de cada um." Fernando Sabino

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © Verdades Ocultas

Direitos reservados a VERDADES OCULTAS - Hidden Truths News - Personalização/Arte digital FMS Artes Gráficas WhatsApp 71-99291.6634. http://www.templatezy.com