Damos as boas vindas e agradecemos a todos pela visita a este espaço. Fiquem à vontade para acompanhar ao máximo todas as notícias e informações divulgadas e aproveitem para assistir AO VIVO a TV Justiça, TV Senado e a TV Câmara. ** We like welcome and thank you all for visiting this space. Feel free to follow the maximum all published news and INFORMATION To Watch and enjoy LIVE TV Justice, Senate TV and TV camera. ESTRANHO: FACHIN SOLTOU LOURES QUANDO ELE IA DELATAR ~ Verdades Ocultas

sábado, 1 de julho de 2017

ESTRANHO: FACHIN SOLTOU LOURES QUANDO ELE IA DELATAR

Postado por: Fátima Miranda - 08:47:00

Compartilhar

& Curtir



247 - Muito estranho.

O ministro Edson Fachin mandou soltar o mais famoso carregador de malas do país no mesmo dia em que o colunista Ricardo Noblat publicou no Globo que ele iria delatar – e, no caso, delatar o presidente da República, seu único alvo possível numa delação premiada.

Não sei se a decisão de Fachin tem algo a ver com isso, mas que é esquisito, é.

O pretexto que usou para explicar a decisão, em meio a uma enxurrada de arrazoados e floreios jurídicos que ninguém entende, também foi esquisito: ele tinha que soltar Loures porque a irmã de Aécio também foi solta:

(..) "registro o recente julgamento, em 20.6.2017, do agravo regimental interposto nos autos da AC 4.327 por Mendherson Souza Lima, ao qual a Primeira Turma deste Supremo Tribunal Federal, por maioria e nos termos do voto médio proferido pelo Ministro Luiz Fux, deu parcial provimento à irresignação para substituir a custódia cautelar anteriormente imposta pela prisão domiciliar. A referida decisão foi também estendida aos demais corréus Andréa Neves da Cunha e Frederico Pacheco de Medeiros, nos termos do art. 580 do Código de Processo Penal. Nada obstante a solução dada pela respeitável decisão colegiada, entendo que o atual momento processual vivenciado pelo aqui segregado autoriza a adoção de providência semelhante, em homenagem ao tratamento isonômico que deve inspirar a jurisdição, nos termos do art. 5º, caput, da Constituição Federal".

No mês passado, se tanto, o mesmo Fachin determinou que os inquéritos contra Temer e contra Aécio deveriam tramitar separadamente. Agora, ele volta a uni-los: justifica a libertação de Loures, ligado a Temer, com a de Andréa Neves, ligada a Aécio.

Data vênia, o eminente magistrado tenta nos vender gato por lebre.

Afirmar que há semelhança entre um episódio em que a irmã de um senador pede alguns milhões a um empresário conhecido por comprar políticos e o de uma pessoa filmada carregando mala com 500 mil reais da JBS depois de ter sido indicada por Temer para resolver pendências da empresa em órgãos do governo é humanamente impossível.

No primeiro caso, o escândalo envolve um senador; no segundo, está envolvido o próprio presidente da República.

O primeiro escândalo afeta o senado e o PSDB. O segundo afeta o Brasil.

Não há como alegar isonomia.



Postado Por: VERDADES OCULTAS/ Fátima Miranda

RESPEITAMOS A DEMOCRACIA! "Democracia é oportunizar a todos o mesmo ponto de partida. Quanto ao ponto de chegada, depende de cada um." Fernando Sabino

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © Verdades Ocultas

Direitos reservados a VERDADES OCULTAS - Hidden Truths News - Personalização/Arte digital FMS Artes Gráficas WhatsApp 71-99291.6634. http://www.templatezy.com