Damos as boas vindas e agradecemos a todos pela visita a este espaço. Fiquem à vontade para acompanhar ao máximo todas as notícias e informações divulgadas e aproveitem para assistir AO VIVO a TV Justiça, TV Senado e a TV Câmara. ** We like welcome and thank you all for visiting this space. Feel free to follow the maximum all published news and INFORMATION To Watch and enjoy LIVE TV Justice, Senate TV and TV camera. FABRÍCIO CARPINEJAR: ‘FOI UMA VERGONHA O QUE FIZERAM COM FÁBIO ASSUNÇÃO’ ~ Verdades Ocultas

domingo, 25 de junho de 2017

FABRÍCIO CARPINEJAR: ‘FOI UMA VERGONHA O QUE FIZERAM COM FÁBIO ASSUNÇÃO’

Postado por: Elder Pereira - 14:51:00

Compartilhar

& Curtir





pelo Facebook, o escritor Fabrício Carpinejar critica a reação à detenção do ator Fábio Assunção em Arcoverde (PE); "Pasmo não por aquilo que ele fez, fora de si, mas pelo deboche de todos à volta, sóbrio e serenos", diz; "Em vez de ajudar, ridicularizavam o profissional em uma fase difícil da vida e apenas aumentavam a sua agressividade. Quem aqui já não bebeu além da conta e falou bobagem? Atiçar um bêbado é armar um circo de horrores, é se divertir com o sofrimento alheio, é renunciar à educação pelo bullying anônimo e selvagem de massa"; afirma; "A fama é ingrata, mas triste mesmo é que não procuramos salvar mais a nossa cordialidade"


Escritor Fabrício Carpinejar critica a reação à detenção do ator Fábio Assunção, na madrugada deste sábado (24) em uma festa de São João na cidade de Arcoverde, no Sertão de Pernambuco. Com sinais e embriaguez, ele agrediu pessoas e desacatou policiais, de acordo com Wanderley de Carvalho, comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar. O artista também teria quebrado um dos vidros da viatura em que foi levado.

Em seu Facebook, Carpinejar disse que ficou "chocado com os vídeos do ator Fábio Assunção estirado no chão e preso em viatura em Arcoverde (PE)". "Pasmo não por aquilo que ele fez, fora de si, mas pelo deboche de todos à volta, sóbrio e serenos, com consciência para ajudar e que não demonstraram nenhum interesse para socorrer e amparar alguém claramente necessitado e com dificuldades de se manter em pé e articular um raciocínio lógico", diz.

"Em vez de ajudar, ridicularizavam o profissional em uma fase difícil da vida e apenas aumentavam a sua agressividade. Quem aqui já não bebeu além da conta e falou bobagem? Atiçar um bêbado é armar um circo de horrores, é se divertir com o sofrimento alheio, é renunciar à educação pelo bullying anônimo e selvagem de massa", acrescentou.

O escritor perguntou "onde está a compaixão do país". "O que identifico é que torcemos pela queda de nossos heróis, pelo fim de exemplos. Odiamos silenciosamente aquele que alcança o sucesso. E permanecemos à espreita, como urubus com as asas dos aplicativos, para flagrar um tombo, uma gafe, um vexame da celebridade e espalhar pelos céus turvos da web. Talvez, infelizmente, desejamos que todo grande artista, como é Fábio Assunção, beije a lona para arrancarmos memes dos bolsos e ganhar notoriedade com gravações caseiras", afirmou.

Segundo Carpinejar, "somos cada vez menos afetuosos e mais paparazzi das tragédias individuais". "Não sabemos confortar com a nossa mortalidade quem é também humano, erra, falha e recomeça com a humildade do perdão. Não vou julgar e tampouco mergulhar em achismos, se ele estava sob efeito de drogas ou não, o que acontecia em sua vida privada para gerar tal descontrole (e, óbvio, que deve ser penalizado por tudo o que cometeu contra a lei, sem distinção)".

"Mas quem teve um familiar transtornado ou viciado sabe que ele é também uma vítima e que o cuidado e a discrição são os únicos curativos possíveis para não aumentar a vergonha e as recaídas. Expor alguém em situação delicada é ser cúmplice de vandalismo psicológico. Todo celular hoje é uma arma de fogo", continua.

"O que lamento é que aquele ator, sempre solícito para selfies e autógrafos, sempre disposto a conversar com qualquer um, não foi carregado pelo público quando realmente esperava. A fama é ingrata, mas triste mesmo é que não procuramos salvar mais a nossa cordialidade", finaliza.

Fonte: brasil247

Postado Por: VERDADES OCULTAS/ Elder Pereira

RESPEITAMOS A DEMOCRACIA! "Democracia é oportunizar a todos o mesmo ponto de partida. Quanto ao ponto de chegada, depende de cada um." Fernando Sabino

2 comentários:

  1. Discordo totalmente! Ele como pessoa pública, não e infalível, mas ao extrapolar com um completamente totalmente reprovável merece sim toda crítica possível. Tanto que depois ele se desculpou (ao menos reconheceu seu erro).

    ResponderExcluir
  2. Discordo totalmente! Ele como pessoa pública, não e infalível, mas ao extrapolar com um comportamento totalmente reprovável merece sim toda crítica possível. Tanto que depois ele se desculpou (ao menos reconheceu seu erro).

    ResponderExcluir

Copyright © Verdades Ocultas

Direitos reservados a VERDADES OCULTAS - Hidden Truths News - Personalização/Arte digital FMS Artes Gráficas WhatsApp 71-99291.6634. http://www.templatezy.com