Damos as boas vindas e agradecemos a todos pela visita a este espaço. Fiquem à vontade para acompanhar ao máximo todas as notícias e informações divulgadas e aproveitem para assistir AO VIVO a TV Justiça, TV Senado e a TV Câmara. ** We like welcome and thank you all for visiting this space. Feel free to follow the maximum all published news and INFORMATION To Watch and enjoy LIVE TV Justice, Senate TV and TV camera. Aécio tinha razão: para “encher o saco” dos brasileiros, nada como um tribunal. Por Carlos Fernandes ~ Verdades Ocultas

sábado, 10 de junho de 2017

Aécio tinha razão: para “encher o saco” dos brasileiros, nada como um tribunal. Por Carlos Fernandes

Postado por: Elder Pereira - 17:50:00

Compartilhar

& Curtir




Com a decisão que absolveu a chapa Dilma-Temer, o Tribunal Superior Eleitoral outorgou uma prática tão antiga quanto a própria eleição no Brasil: o caixa 2 (e o caixa 3) agora são oficialmente permitidos aos olhos da suprema corte eleitoral. 

É bem verdade que o resultado de 4 x 3 que deu uma sobrevida a Michel Temer foi produzido sob medida para a ocasião. Ninguém ignora que caso ainda fosse Dilma Roussef a atual presidente do país, o resultado seria inevitavelmente outro.

Juízes no Brasil desenvolveram a curiosa prática de utilizarem a lei como um poderoso instrumento para a manutenção de um estado de coisas voltado diretamente para as suas pessoais preferências político-partidárias.

Justiça, por assim dizer, tornou-se tão somente uma abstração, um sonho que se esvai a cada sentença.

Gilmar Mendes é um expoente nesse quesito em particular. Um ministro que não se envergonha de confraternizar-se com o réu ao qual sua função pública o obriga a julgar. Impossível não se perguntar quais conversas o eminente juiz travava com Michel Temer na calada da noite nos jardins do Palácio do Jaburu.

Mas o fato é que ele, Gilmar, não é único. Para o desespero da boa jurisprudência. Os quatro votos que mantiveram um crápula na presidência da República não seriam possíveis sem a providencial ajuda dos dois ministros recém-nomeados para julgar aquele que os nomeou.

Admar Gonzaga Neto e Tarciso Vieira de Carvalho Neto não decepcionaram o chefe. Seus votos já eram tão conhecidos que permitiram a Temer, inclusive, comemorar sua absolvição antes mesmo de iniciada as votações. O cargo foi pago com o cargo.

Para fechar a conta, o não menos controverso Napoleão Nunes Maia Filho, o ilustre ministro citado nas delações da JBS. Simbólico que tenhamos um ministro do TSE mencionado em falcatruas julgando um réu do próprio esquema.

Seja como for, dado o veredito, todos ficaram felizes com a exceção do Brasil, dos brasileiros e da Constituição. Questões menores.

Derramado o leite, não nos cabe chorar. Se existiam milhões de motivos (tanto quantitativo quanto financeiro) para cassar Temer no TSE, milhões outros ainda existem para a sua definitiva deposição. A grande questão é a forma de como isso se dará.

A permanência de um sujeito que mente e rouba tão descaradamente na presidência da República, é algo que nos diminui enquanto nação e nos envergonha perante a comunidade internacional. Jamais fez tanto sentido sermos chamados de uma República de Bananas.

A despeito disso, nada parece abalar as “convicções” de um Congresso emporcalhado na própria corrupção e o acovardamento de nossos tribunais superiores que, alheios ao ordenamento jurídico, fazem política para políticos.

Enquanto tudo isso ocorre, mais um dia é dado àquele que busca destruir a nossa identidade nacional (ou o que sobrou dela). O Estado restou reduzido à tirania de Temer e suas práticas sem vergonhas.

Na balbúrdia que se transformou o Brasil do golpe parlamentar-jurídico-midiático, a única certeza que podemos ter é o quanto inferiores são os nossos tribunais superiores.

No final das contas, quem estava certo mesmo era o Aécio Neves. A ação contra a chapa Dilma-Temer serviu apenas para “encher o saco”. Mais precisamente o dos brasileiros.

E para encher o saco dos brasileiros, nada melhor do que nossos tribunais “inferiores”.

Fonte: DCM

Postado Por: VERDADES OCULTAS/ Elder Pereira

RESPEITAMOS A DEMOCRACIA! "Democracia é oportunizar a todos o mesmo ponto de partida. Quanto ao ponto de chegada, depende de cada um." Fernando Sabino

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © Verdades Ocultas

Direitos reservados a VERDADES OCULTAS - Hidden Truths News - Personalização/Arte digital FMS Artes Gráficas WhatsApp 71-99291.6634. http://www.templatezy.com