Damos as boas vindas e agradecemos a todos pela visita a este espaço. Fiquem à vontade para acompanhar ao máximo todas as notícias e informações divulgadas e aproveitem para assistir AO VIVO a TV Justiça, TV Senado e a TV Câmara. ** We like welcome and thank you all for visiting this space. Feel free to follow the maximum all published news and INFORMATION To Watch and enjoy LIVE TV Justice, Senate TV and TV camera. LOGO APÓS DEPOIMENTO DE LULA, O GRANDE JURISTA AFRÂNIO SILVA JARDIM PEDE A RETIRADA DE ARTIGO DE MORO EM LIVRO ESCRITO EM SUA HOMENAGEM ~ Verdades Ocultas

quinta-feira, 11 de maio de 2017

LOGO APÓS DEPOIMENTO DE LULA, O GRANDE JURISTA AFRÂNIO SILVA JARDIM PEDE A RETIRADA DE ARTIGO DE MORO EM LIVRO ESCRITO EM SUA HOMENAGEM

Postado por: Elder Pereira - 11:30:00

Compartilhar

& Curtir

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé

Em sua página no Facebook, o Doutor e Mestre Afrânio Silva Jardim, grande jurista deste país, indignado com o vídeo da audiência do depoimento do ex Presidente Lula pede para seja retirado artigo do Juiz Sérgio Moro em livro escrito em sua homenagem, vejam:

INTERROGATÓRIO DO EX-PRESIDENTE LULA. ESTOU INDIGNADO COM O QUE ASSISTI

Após assistir a toda audiência em que ocorreu o interrogatório do ex-presidente Lula, no dia de ontem, fiquei indignado com a forma pela qual o juiz Sérgio Moro conduziu este ato processual.


Por este motivo, solicito, de público, aos amigos Pierre Souto Maior Amorim e Marcelo Lessa, organizadores do livro “Tributo a Afranio Silva Jardim”, que diligenciem junto à Editora Juspodium no sentido de que não conste, na sua terceira edição, o trabalho do referido magistrado. A obra foi publicada, em minha homenagem, sendo composta por vários estudos de renomados juristas pátrios e estrangeiros.

Esta minha solicitação, além de ser motivada pelo inconformismo acima mencionado, tem como escopo evitar constrangimento ao próprio juiz Sérgio Moro, diante de críticas técnicas que venho fazendo a seu atuar processual. Ademais, alguns colaboradores da obra coletiva já se manifestaram desconfortáveis em figurar na companhia deste magistrado no aludido livro.

A minha indignação é tanta que, apesar de professor e ex-membro do Ministério Público experiente, quase não consegui dormir esta noite e, por isso, estou aqui novamente fazendo este aditamento. Sinto necessidade de "gritar", sinto necessidade de "desabafar". Posso estar errado, mas o ex-presidente Lula não está tendo o direito a um processo penal justo. Ele não merecia isso. Fico imaginando o "massacre" a que seria submetida a sua falecida esposa D.Maria Letícia, pessoa humilde e inexperiente ...

Confesso que continuo amargurado e termino dizendo que, se o ex-presidente Lula restou humilhado, de certa forma, também restou humilhado o povo brasileiro, que nele deposita tantas esperanças.

Termino também dizendo que restou "esfarrapado" o nosso sistema processual penal acusatório, que venho procurando defender nestes trinta e sete anos de magistério. O juiz Sérgio Moro me deixou triste e decepcionado com tudo isso. Como teria dito um ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, "estamos vivendo uma pausa em nosso Estado de Direito" ...

Afranio Silva Jardim, professor associado de Direito Processual Penal da Uerj. Mestre e Livre-Docente em Direito Processual (Uerj)

Atualização em 12/05/17

O jurista está sendo atacado na rede por conta da sua decisão, veja a postagem:


ELE DISSE QUE VAI JOGAR O MEU LIVRO NO LIXO.

O fascismo ronda à nossa volta ...

Como disse o sempre citado poeta Bertolt Brecht, "a cadela do fascismo está sempre no cio".

Por eu ter postado uma educada mensagem, criticando tecnicamente a atuação processual do juiz Sérgio Moro, recebi esta agressiva e ofensiva mensagem:

"Certamente a maior parte da população brasileira viu outra situação, distinta de sua parcialidade, pois o Juiz Sérgio Moro foi muito condescendente com o réu, Luiz Inácio da Silva.

Infelizmente, resultado de sua posição esquerdista e malandra, retirarei sua simplória edição de minha singela, mais virtuosa e decente biblioteca, devendo suas anotações caminhar para o lixo, em conformidade com suas posições em defesa ao maior bandido dessa nação.

Lembre-se neste país ainda vivem pessoas honestas, lutadoras e decentes, diferentemente dos sanguessugas PeTistas.

Encerro afirmando que suas posições em nada mudará o caminho honesto que está nação busca.

Grosseiramente, FODA-SE Malandro, pois quem defende bandido é BANDIDO"..... IDALINO HORTENCIO (empresário em Goiás).

Por ora, só me cabe punir o ofensor, dando publicidade à sua grosseria e absoluta falta de tolerância com quem pensa diferente. Mais adiante, examinaremos a conveniência de processá-lo criminalmente e por danos morais.

Afranio Silva Jardim, professor associado de Direito Processual Penal da Uerj. Mestre e Livre-Docente em Direito Processual. Procurador de Justiça (aposentado) do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro.

Postado Por: VERDADES OCULTAS/ Elder Pereira

RESPEITAMOS A DEMOCRACIA! "Democracia é oportunizar a todos o mesmo ponto de partida. Quanto ao ponto de chegada, depende de cada um." Fernando Sabino

1 comentários:

  1. Por mais juristas assim...
    Parabens pela coragem e humildade. Atos assim nos fazem voltar a crer na justiça!

    ResponderExcluir

Copyright © Verdades Ocultas

Direitos reservados a VERDADES OCULTAS - Hidden Truths News - Personalização/Arte digital FMS Artes Gráficas WhatsApp 71-99291.6634. http://www.templatezy.com