Damos as boas vindas e agradecemos a todos pela visita a este espaço. Fiquem à vontade para acompanhar ao máximo todas as notícias e informações divulgadas e aproveitem para assistir AO VIVO a TV Justiça, TV Senado e a TV Câmara. ** We like welcome and thank you all for visiting this space. Feel free to follow the maximum all published news and INFORMATION To Watch and enjoy LIVE TV Justice, Senate TV and TV camera. EXCLUSIVO! ENTREVISTA DO SENADOR PAIM AO BLOG VERDADES OCULTAS ~ Verdades Ocultas

sábado, 27 de maio de 2017

EXCLUSIVO! ENTREVISTA DO SENADOR PAIM AO BLOG VERDADES OCULTAS

Postado por: Fátima Miranda - 17:51:00

Compartilhar

& Curtir


Da redação do Blog Verdades Ocultas         Em 27/05/2017

CLIQUE NO VÍDEO E OUÇA A ENTREVISTA:




Hoje o Blog Verdades Ocultas entrevista o Senador da República Paulo Paim. 

Na entrevista o senador fala sobre a situação do país, do governo Michel Temer , das reformas trabalhista e da previdência, da CPI da previdência e da situação da política brasileira e partidos após a delação da JBS e candidaturas para 2018

Paulo Renato Paim é um sindicalista e político brasileiro filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT). Atualmente exerce o cargo de Senador da República no Senado Federal do Brasil. Nasceu na cidade de Caxias do Sul, RS, um dos dez filhos do casal Ignácio Alves Paim e Itália Ventura da Silva Paim.

De família sem recursos, começou a trabalhar com 8 anos de idade. Aos 12 anos conquistou uma vaga no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, onde fazia o curso técnico durante o dia, ao mesmo tempo em que fazia o ginásio no Ginásio Alberto Pasqualini, onde foi presidente do grêmio estudantil.

Após formar-se metalúrgico pelo Senai trabalhou na Metalúrgica Abramo Eberle e Forjasul. Em 1981 tornou-se presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Canoas. Entre 1983 a 1986 galgou os cargos de secretário-geral e vice-presidente nacional da Central Única dos Trabalhadores.

Em 1985 filiou-se ao PT e no ano seguinte foi eleito deputado federal pelo Rio Grande do Sul, sendo deputado constituinte. Foi vice-líder do partido entre 1989 e 1991. Foi reeleito deputado sucessivamente em 1990, 1994 e 1998. Entre 1993 e 1994 presidiu a Comissão de Trabalho, Administração Serviço Público da Câmara dos Deputados. Também provocou polêmica em 2001 quando, ao protestar contra projeto que alterava a CLT, rasgou um exemplar da Constituição Federal, e posteriormente o documento que pedia a cassação de seu mandato por este ato.

Nas eleições de 2002 disputou o cargo de senador, sendo eleito após uma disputa bastante acirrada pela segunda vaga contra a colega de chapa Emília Fernandes. Participou na mesa diretora do Senado como primeiro vice-presidente no biênio 2003/2005 e entre 2007/2009 foi presidente da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa.

Nas eleições no Rio Grande do Sul em 2010 disputou a reeleição ao Senado, sendo o mais votado com 33,83% dos votos válidos. Foi o autor do projeto de lei, apresentado em 1997 quando ainda era deputado federal, que criou o Estatuto do idoso. Também de sua autoria mas ainda em discussão no Congresso Nacional, são os projetos de lei que institui o Estatuto da Igualdade Racial e o fim do fator previdenciário.

É o co-autor do projeto original da lei brasileira de inclusão de 2015, que criou o Estatuto da Pessoa com Deficiência, entrando em vigência em março de 2016. O senador também votou pela manutenção do 14º e 15º salário que todo senador e deputado ganha todo ano considerado pelo congresso "ajuda de custo".

Em 2016, Paulo Paim foi o primeiro colocado no Ranking dos Senadores do Atlas Político, que leva em conta fatores como representatividade eleitoral, fidelidade partidária, proporção do dinheiro gasto na campanha por voto obtido, ativismo legislativo e debate parlamentar. Paim também ganhou a categoria Defesa do Consumidor do prêmio Congresso em Foco.

Notabilizou-se nacionalmente pela defesa da adoção de salário mínimo de cem dólares quando era deputado. Em 2011, o governo federal estava disposto a aumentar o salário mínimo para 545,00 reais, enquanto o senador Paim defendia 560,00 reais. Atualmente é o subscritor da CPI da Previdência no Senado Federal.


Com informações compiladas da Wikipédia



Postado Por: VERDADES OCULTAS/ Fátima Miranda

RESPEITAMOS A DEMOCRACIA! "Democracia é oportunizar a todos o mesmo ponto de partida. Quanto ao ponto de chegada, depende de cada um." Fernando Sabino

1 comentários:

  1. A entrevista foi ótima, clara e conscientizadora. O Blog Verdades Ocultas está de parabéns!

    ResponderExcluir

Copyright © Verdades Ocultas

Direitos reservados a VERDADES OCULTAS - Hidden Truths News - Personalização/Arte digital FMS Artes Gráficas WhatsApp 71-99291.6634. http://www.templatezy.com