Damos as boas vindas e agradecemos a todos pela visita a este espaço. Fiquem à vontade para acompanhar ao máximo todas as notícias e informações divulgadas e aproveitem para assistir AO VIVO a TV Justiça, TV Senado e a TV Câmara. ** We like welcome and thank you all for visiting this space. Feel free to follow the maximum all published news and INFORMATION To Watch and enjoy LIVE TV Justice, Senate TV and TV camera. Moro precisa explicar por que testemunhou um crime de vazamento em plena audiência e nada fez. Por Zambarda ~ Verdades Ocultas

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Moro precisa explicar por que testemunhou um crime de vazamento em plena audiência e nada fez. Por Zambarda

Postado por: Elder Pereira - 09:43:00

Compartilhar

& Curtir



Uma cena inusitada, mas de certo modo previsível diante do absurdo do Brasil, ocorreu durante o depoimento de Marcelo Odebrecht a Sérgio Moro no último dia 10 de abril.
A alturas tantas, um dos advogados do dono da empreiteira avisou o juiz que tudo estava sendo “transmitido” em tempo real.
Blog da Cidadania, de Eduardo Guimarães, transcreveu o diálogo.
“Antes que Vossa Excelência encerre a gravação, estou vendo aqui, no site Antagonista, que o depoimento do senhor Marcelo está sendo transmitido, neste exato momento, em tempo real, de sorte a desrespeitar a determinação de Vossa Excelência do segredo de Justiça. Está aqui. Quer que eu coloque para Vossa Excelência? E só pode ser vazado daqui de dentro. Então, nós estamos numa situação de flagrância. É só entrar no site e ver”, disse o advogado Nabor Bulhões por volta das 15h30.
Moro respondeu com balbucios.
Na sala, havia em torno de 15 pessoas: três procuradores da Força-Tarefa da Lava Jato, vinculados ao Ministério Público, policiais federais, Bulhões e seus dois sócios, além de Odebrecht e Moro.
Moro permitiu também a entrada de quatro defensores da Petrobras.
Depois de gaguejar, o magistrado interrompeu a gravação da seção por alguns minutos para retomar como se nada houvesse acontecido.
“É provável que alguém do MP estivesse gravando o áudio e transmitindo para o jornalista Cláudio Dantas do Antagonista, porque o depoimento foi transcrito com fidelidade”, disse ao DCM um dos presentes ao interrogatório.
Quando praticado por funcionário público, vazamento é crime. A violação do sigilo está no artigo 325 do Código Penal.
Houve um flagrante diante de Moro e este nada fez. Bastava solicitar os smartphones dos presentes, descobrir quem vazou e tomar as providências cabíveis.
No mínimo, identificar o vazador e, em tempo hábil, puni-lo.
A situação chegou ao cúmulo do Antagonista noticiar que Moro “reclama de vazamentos”.
Sérgio Moro se autodesmoraliza completamente. À BBC Brasil, falou que investigar vazamentos era como “caçar fantasmas”.
Essa parceria com o Antagonista tem potencial explosivo.
Diogo Mainardi, um dos donos do blog de extrema direita, foi delatado por Henrique Valladares, ex-vice-presidente da Odebrecht.
Em sua justificativa, Mainardi alegou que Valladares “inventa coisas”. “Serve de alerta à Lava Jato”, escreveu, dando conselhos legais a Moro.
Enquanto vivermos numa democracia, não há possibilidade de essa parceria acabar bem.
Fonte: DCM

Postado Por: VERDADES OCULTAS/ Elder Pereira

RESPEITAMOS A DEMOCRACIA! "Democracia é oportunizar a todos o mesmo ponto de partida. Quanto ao ponto de chegada, depende de cada um." Fernando Sabino

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © Verdades Ocultas

Direitos reservados a VERDADES OCULTAS - Hidden Truths News - Personalização/Arte digital FMS Artes Gráficas WhatsApp 71-99291.6634. http://www.templatezy.com