Damos as boas vindas e agradecemos a todos pela visita a este espaço. Fiquem à vontade para acompanhar ao máximo todas as notícias e informações divulgadas e aproveitem para assistir AO VIVO a TV Justiça, TV Senado e a TV Câmara. ** We like welcome and thank you all for visiting this space. Feel free to follow the maximum all published news and INFORMATION To Watch and enjoy LIVE TV Justice, Senate TV and TV camera. A confissão de Temer sobre o impeachment nos consagra como o país da banalidade da pilantragem. Por Kiko Nogueira ~ Verdades Ocultas

segunda-feira, 17 de abril de 2017

A confissão de Temer sobre o impeachment nos consagra como o país da banalidade da pilantragem. Por Kiko Nogueira

Postado por: Elder Pereira - 15:36:00

Compartilhar

& Curtir

FOTO: INTERNET


O novo normal brasileiro nos acostumou a ser governados por uma corja que não largará o osso, chefiada por um sujeito que confessa que o golpe se deveu a uma chantagem não correspondida praticada por um comparsa — e vida que segue.
Toda a conversa fiada das pedaladas fiscais, que consumiu o tempo e o dinheiro do contribuinte e serviu para cassar 54 milhões de votos, não passava disso: conversa fiada.
Hannah Arendt falava da banalidade do mal.
Michel Temer incorpora a banalidade da pilantragem, essa especialidade nacional tão querida quanto a pizza de frango com catupiry.
Foi numa entrevista à Band no sábado à noite. Bem à vontade para quem está metido até as tampas nas delações da Odebrecht, cercado de entrevistadores que faziam questão de deixá-lo relaxado, numa roda de maconha virtual, Michel contou o seguinte:
“Em uma ocasião, ele [Eduardo Cunha] foi me procurar, umas duas horas da tarde mais ou menos, dizendo: ‘Olhe, hoje eu vou arquivar todos os pedidos de impeachment da presidente. Porque prometeram-me os 3 votos do PT no Conselho de Ética’.
No dia seguinte eu vejo no noticiário que o presidente do PT e os 3 membros do partido se insurgiram contra a fala e votariam contra [Eduardo Cunha no Conselho de Ética]. Quando eram 3 horas da tarde, ele me ligou dizendo: ‘Olha, tudo aquilo que eu disse não vale. Porque agora eu vou chamar a imprensa e dar início ao processo de impedimento’.
Então, vejam que coisa curiosa. Se o PT tivesse votado nele naquela comissão de ética, é muito provável que a senhora presidente continuasse. E quando conto isso, eu conto também para revelar: 1º) que ele não fez o impedimento por minha causa, evidentemente; 2º) que eu jamais militei para derrubar, como muitas vezes se diz, a senhora presidente da República.”
Tudo isso foi desfiado em frente ao jornalista Eduardo Oinegue, que assistia com ares de beócio, como se o tiozinho ao seu lado estivesse contando que foi ao supermercado comprar ovos de Páscoa mas ficou com uma lata de veneno de rato porque o preço estava melhor.
Michel rebaixou o país como um todo ao seu espírito de amanuense, de vice decorativo.
Quer dizer, ele nem queria aquela joça. O compadre Cunha, hoje na cana, causou a confusão e, veja como são as coisas, sobrou para ele.
Cada povo com o Eichmann que merece. O nosso mora no Jaburu, tem medo de fantasmas e gosta de mesóclises.

Fonte: DCM

Postado Por: VERDADES OCULTAS/ Elder Pereira

RESPEITAMOS A DEMOCRACIA! "Democracia é oportunizar a todos o mesmo ponto de partida. Quanto ao ponto de chegada, depende de cada um." Fernando Sabino

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © Verdades Ocultas

Direitos reservados a VERDADES OCULTAS - Hidden Truths News - Personalização/Arte digital FMS Artes Gráficas WhatsApp 71-99291.6634. http://www.templatezy.com