Damos as boas vindas e agradecemos a todos pela visita a este espaço. Fiquem à vontade para acompanhar ao máximo todas as notícias e informações divulgadas e aproveitem para assistir AO VIVO a TV Justiça, TV Senado e a TV Câmara. ** We like welcome and thank you all for visiting this space. Feel free to follow the maximum all published news and INFORMATION To Watch and enjoy LIVE TV Justice, Senate TV and TV camera. ODEBRECHT VAI APRESENTAR PROVAS DOS R$ 50 MILHÕES DE AÉCIO ~ Verdades Ocultas

domingo, 19 de março de 2017

ODEBRECHT VAI APRESENTAR PROVAS DOS R$ 50 MILHÕES DE AÉCIO

Postado por: Fátima Miranda - 14:09:00

Compartilhar

& Curtir




O presidente do PSDB, senador Aécio Neves foi alvo de mais uma delação. Marcelo Odebrecht e outros executivos da empresa dizem em ter dado junto com a Andrade Gutierrez R$ 50 milhões para ele após vencerem o leilão para a construção da hidrelétrica Santo Antônio, em Rondônia, em dezembro de 2007.

A informação consta em reportagem da Fólha de hoje produzida por Bela Megale e Mario Cesar Carvalho.

Executivos que complementaram o depoimento de Marcelo teriam ainda detalhado a operação e afirmado que a Odebrecht se comprometeu a pagar R$ 30 milhões, enquanto a Andrade Gutierrez os R$ 20 milhões restantes.

À época do leilão da usina Santo Antônio, no rio Madeira, em 2007, Aécio estava no seu segundo mandato como governador de Minas Gerais. Tinha sido reeleito sem fazer campanha para o candidato a presidente do seu partido, José Serra. Em Minas, o que se dizia é que ele estimulava o movimento Lulécio. O voto em Lula e nele.

Era um outro Aécio o daqueles tempos e havia quem cogitasse sua ida para o PMDB, por onde imaginava que poderia sair candidato a presidente ou vice já em 2010. Mas o PMDB lhe fechou as portas e foi necessário que esperasse até 2014 para concretizar sua candidatura. Ou seja, em 2007 Aécio já poderia estar fazendo caixa para a disputa que sonhava em 2010.

Como governador, Aécio tinha sob seu comando uma das empresas que integravam o consórcio que ganhou a disputa, a Cemig (Companhia Energética de Minas Gerais). Embora fora do governo federal, o tucano também mantinha influência sobre o principal investidor da usina, a empresa Furnas.

A lista de Furnas, um caso que foi tratado por tucanos como invenção, já rendeu até um documentário feito pelo DCM.

Ainda segundo a Folha, Marcelo e outros executivos da Odebrecht afirmaram aos procuradores da Operação Lava Jato que as empresas decidiram fazer o acerto com o tucano porque queriam ter uma boa relação com as duas sócias da usina sobre as quais Aécio tinha influência –ou seja, Furnas e Cemig.

Se houvesse problemas com essas empresas durante a construção da hidrelétrica, o tucano poderia ajudar a Odebrecht e a Andrade Gutierrez, segundo o que disseram os delatores. Ainda segundo a apuração da Folha pesou o fato de que a Odebrecht via no tucano um político em ascensão.

Aécio alega que e “é absolutamente falsa a pretensa acusação”. Mas para que a delação seja aceita, a Odebrecht deve apresentar comprovantes de que pagou a propina a um operador de Aécio numa conta em Cingapura.

A se confirmar essa delação, Aécio, que não se conformou com a derrota de 2014 e foi um dos articuladores do golpe contra Dilma, terá que se dedicar apenas à sua defesa. Nada mais.





Postado Por: VERDADES OCULTAS/ Fátima Miranda

RESPEITAMOS A DEMOCRACIA! "Democracia é oportunizar a todos o mesmo ponto de partida. Quanto ao ponto de chegada, depende de cada um." Fernando Sabino

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © Verdades Ocultas

Direitos reservados a VERDADES OCULTAS - Hidden Truths News - Personalização/Arte digital FMS Artes Gráficas WhatsApp 71-99291.6634. http://www.templatezy.com