Damos as boas vindas e agradecemos a todos pela visita a este espaço. Fiquem à vontade para acompanhar ao máximo todas as notícias e informações divulgadas e aproveitem para assistir AO VIVO a TV Justiça, TV Senado e a TV Câmara. ** We like welcome and thank you all for visiting this space. Feel free to follow the maximum all published news and INFORMATION To Watch and enjoy LIVE TV Justice, Senate TV and TV camera. COMO O MORALISMO DA CLASSE MÉDIA DESTRUIU O BRASIL ~ Verdades Ocultas

sábado, 18 de março de 2017

COMO O MORALISMO DA CLASSE MÉDIA DESTRUIU O BRASIL

Postado por: Elder Pereira - 16:47:00

Compartilhar

& Curtir



No brasil247


FERNANDO BRITO CONTA COMO O MORALISMO DA CLASSE MÉDIA DESTRUIU O BRASIL

Quis o trocadilho do destino que chamasse Moro o personagem da onda de moralidade que sempre foi a arma da direita no Brasil. E então chegamos a este 2017, onde a classe média emudeceu, sabe-se lá porque tenhamos atingido o “Padrão Fifa”, com um traste como Michel Temer no Governo e seu ministério onde muitos são os ladrões e todos uns canalhas, cúmplices da destruição do Brasil. Não há mais casinha, não há mais o carrinho sonhado, o emprego se foi (...) de projeto nacional, hoje, só um ocorre: prender, prender e prender mais; artigo de Fernando Brito, editor do Tijolaço

Não faz tanto tempo…
Cinco, seis anos?
A vida no Brasil não era assim.
É bom falar, porque a memória, nestes tempos de angústia, foge ao desânimo de cada manhã.
Fomos, sim, um país sem crise.
Havia – e não há agora? – corrupção, como havia fila nos hospitais, déficit na habitação, carência na educação, pilantragens públicas e privadas, deputados, senadores e ministros sem-vergonhas.
Mas também havia sonhos, havia progressos, havia planos, havia a casinha, o carro usado que levava a família a passear, a reforma da cozinha, finalmente; havia o emprego e o salário subia.
Discutíamos quanto mais do dinheiro público deveria ir para a educação, para a saúde…
As obras, algumas com seus superfaturamentos – como disse o pai do Odebrecht de hoje, desde o tempo do seu avô – e quase todas com atraso, andavam e a cara do país mudava…
Havia o pré-sal, a esperança de uma emancipação do país que jazia e jaz sob o mar.
Não se apressem os tolos a ver  aqui defesa da corrupção de quem nunca a fez e tem nojo e raiva de quem rouba seu povo.
Mas aí veio o “Padrão Fifa” – aliás, corruptíssimo –  que os tolos acharam ser “a esquerda”, porque tinha adolescentes e bobocas mascarados.
Uma dúzia de estádios de futebol – pouco se falava em roubalheira neles, aliás – eram os culpados de nossas carências e precariedades. O “Não vai ter Copa” era a brincadeirinha destes grupos, como se nos 501 anos em que não a houve (afora 1950, com direito ao Obdúlio Varela, o “2 a 1 pré 7 a 1”) tivesse existido  sempre um tempo de progresso e felicidade neste país.
A classe média (a velha e a nova, incensada e endeusada) principiava a mostrar seus dentes, começava-se a soltar nas ruas a multidão de zumbis da moralidade.
Em maio de 2013, na retomada deste blog, 8.700 posts atrás, isso já nos alertava:
“Se não entendermos que teremos, nas eleições do ano que vem, de enfrentar corações e mentes desta classe média ascendente com o máximo de solidez possível na base de apoio ao Governo progressista, estaremos correndo sérios riscos.

Isso, de maneira alguma, significa deixarmos de pensar o que pensamos e combater desvios – políticos e pessoais – do poder.
Mas, também, e jamais, esquecermos que a luta que se trava é maior e mais, muito mais, importante e vital.
É pelos direitos do povo brasileiro – mesmo os de sua classe média – de viver melhor, num país livre, que não mais será escravo de ninguém.”

Quis o trocadilho do destino que chamasse Moro o personagem da onda de moralidade que sempre foi a arma da direita no Brasil.
E então chegamos a este 2017, onde a classe média emudeceu, sabe-se lá porque tenhamos atingido o “Padrão Fifa”, com um traste como Michel Temer no Governo e seu ministério onde muitos são os ladrões e todos uns canalhas, cúmplices da destruição do Brasil.
Não há mais casinha, não há mais o carrinho sonhado, o emprego se foi, o salário minguou, discute-se não como dar mais verbas à saúde e à educação, mas onde  e como cortá-las, as obras pararam ou sumiram, a histeria e a agressão passaram a ser a forma de nos relacionarmos. De projeto nacional, hoje, só um ocorre: prender, prender e prender mais.
A mídia. o lixo da política e a nossa gorda elite judicial nos lançaram  num país agora triste, bruto, sem esperanças , o país que é seu próprio retrato.
É por isso, e não entendem, que Lula vencerá as eleições.
Ou que, se o impedirem de disputar, teremos outro governo ilegítimo e de pântano adiante de nós.

Postado Por: VERDADES OCULTAS/ Elder Pereira

RESPEITAMOS A DEMOCRACIA! "Democracia é oportunizar a todos o mesmo ponto de partida. Quanto ao ponto de chegada, depende de cada um." Fernando Sabino

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © Verdades Ocultas

Direitos reservados a VERDADES OCULTAS - Hidden Truths News - Personalização/Arte digital FMS Artes Gráficas WhatsApp 71-99291.6634. http://www.templatezy.com