Damos as boas vindas e agradecemos a todos pela visita a este espaço. Fiquem à vontade para acompanhar ao máximo todas as notícias e informações divulgadas e aproveitem para assistir AO VIVO a TV Justiça, TV Senado e a TV Câmara. ** We like welcome and thank you all for visiting this space. Feel free to follow the maximum all published news and INFORMATION To Watch and enjoy LIVE TV Justice, Senate TV and TV camera. Dilma Rousseff em Sevilha: "Muitos Trump aparecerão no mundo se continuar esse processo de desigualdade" ~ Verdades Ocultas

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Dilma Rousseff em Sevilha: "Muitos Trump aparecerão no mundo se continuar esse processo de desigualdade"

Postado por: Fátima Miranda - 14:29:00

Compartilhar

& Curtir



SEI2 - Dilma Rousseff lamenta o "capitalismo trimestral", que só visa aumentar a rentabilidade de seus acionistas e pagar bônus aos seus executivos", ameaçando a democracia" e que está incentivando o surgimento de "salvadores da pátria". Ela observou, a este respeito, Donald Trump, presidente dos Estados Unidos, "Muitos Trump aparecerão no mundo se a desigualdade continuar este processo pelo qual só alguns desfrutam das riquezas produzidas por todos".


Dilma descreveu como "chocante" a possibilidade de que Donald Trump venha cumprir sua promessa e construir um muro para impedir a entrada de imigrantes para os Estados Unidos do México, "devido a uma retórica de campanha ," ela disse em uma entrevista em Hoy por Hoy , a primeira concedida a uma imprensa espanhola após o processo de impeachment, que terminou com sua destituição como presidenta do Brasil.

"Eles querem desmantelar o Estado social"

Acusa Rousseff: Favorece uma "pequena elite" das políticas neoliberais para organizar o seu impeachment. "O objetivo do golpe era desmantelar o Estado social construído por Lula da Silva e eu", disse ela na entrevista.

Ex dirigente brasileira lamenta que muitas das medidas implementadas para redistribuir a riqueza será revertida: "Eles vão destruir as bases do Estado de bem-estar, mas eles não vão ser capazes de reverter alguns ganhos." Ela considera que a situação que o país enfrenta hoje é "delicada" porque com sua saída da presidência "aprofundou a crise econômica e radicalizou a política". 

Ela repetiu que um processo de impeachment contra ela por supostamente fazendo as contas públicas foi injusto. " Eles queriam criminalizar me", disse, quando era uma "discussão administrativa eminentemente". Rousseff disse que, apesar do golpe pessoal que marcou o processo, "um processo traumático" não vai deixar a política: 

"Eu continuo, embora eu não irei aspirar à presidência do Brasil. Voltará a ser a vez do Lula". Ela concluiu por criticar a atual liderança do país, mas deixa claro que "perdeu no presente, mas não perdeu o futuro."

Postado Por: VERDADES OCULTAS/ Fátima Miranda

RESPEITAMOS A DEMOCRACIA! "Democracia é oportunizar a todos o mesmo ponto de partida. Quanto ao ponto de chegada, depende de cada um." Fernando Sabino

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © Verdades Ocultas

Direitos reservados a VERDADES OCULTAS - Hidden Truths News - Personalização/Arte digital FMS Artes Gráficas WhatsApp 71-99291.6634. http://www.templatezy.com